Terça-Feira, 10 de Outubro de 2017, 16h:27

Tamanho do texto A - A+

EM CARTAZ NO CINE CATRACA: Geraldo Alckmin X João Dória protagonizam “A criatura que se rebela contra o criador”

Por Mané Catraca

 

A política, com certeza, é das atividades humanas onde mais viceja “criatura que se vira contra o criador”.  Não faltam exemplos, aqui em Mato Grosso e pelo país afora...

Porém, a “criatura” mais notável de todas, que sequer saiu do berço e nem bem começou a engatinhar, é a do promoter João Dória. O seu “pai”: Geraldo Alckmin, da cúpula nacional do PSDB.

O tucano que governa Sâo Paulo lançou e bancou política e eleitoralmente a candidatura de Doria à prefeitura da Capital paulistana.

E fez essa aposta audaciosa no promoter, que ficou rico com empresas de eventos e promovendo seminários, contra a vontade de parcelas expressivas do tucanato paulista que acabou tendo que engolir João Dória.

E o que o moçoilo hoje faz? Atropela as pretensões de seu “criador” no projeto de Alckmin disputar a Presidência da República!

Nessa relação entre certas “criaturas e seus criadores”, via de regra, costuma faltar princípios por parte dos “filhotes” quanto ao que seja lealdade.

Um valor essencial em todos os tipos de relacionamento, inclusive na política.

 

Como este Mané não tem nada a ver com essa estória (sem h mesmo), apenas constata os fatos, é caso para se dizer: “Quem pariu Mateus (ou Dória) que o embale”!