Quarta-Feira, 10 de Maio de 2017, 14h:00

Tamanho do texto A - A+

Prefeitura de Cuiabá preenche 37% das vagas de alfabetizadores e inscrições vão até o dia 18

RUAN CUNHA

 

As inscrições do programa Brasil Alfabetizado vão até o próximo dia 18 e, até o momento, cerca de 37% das vagas já foram preenchidas por alfabetizadores e alfabetizadores coordenadores, público alvo desta primeira etapa de seleção. Em 2017, 500 jovens, adultos e idosos iniciarão o processo de alfabetização oferecido pela prefeitura de Cuiabá, via Secretaria Municipal de Educação (SME).

 

São 40 vagas ao total direcionadas a profissionais de Educação de qualquer setor - público ou privado - sendo exigida a disponibilidade de 10 horas de aulas e duas de planejamento para turmas de 17 a 20 alunos na zona urbana e 8 a 10 para escolas do campo.

 

A renumeração paga aos profissionais voluntários varia entre bolsas de R$ 400 a R$ 800, de acordo com as funções, quantidade de turmas e alunos, entre outros níveis de enquadramento.

 

Os profissionais inscritos também serão capacitados em formação inicial com a carga horária mínima de 40 horas, em suas respectivas área. O treinamento tem foco nos aspectos teóricos e metodológicos do programa Brasil Alfabetizado.

 

A capacitação contínua segue com as oficinas temáticas, realizadas a cada 15 dias, com carga horária de 64 horas. Ao todo, são 104 horas obrigatórias de formação aos profissionais voluntários adeptos ao programa. 

 

Brasil Alfabetizado

 

O programa é oriundo de parceria entre o Executivo municipal e o Ministério da Educação e se estabelece na proposta de gestão da atual administração em humanizar os serviços públicos, neste caso, em específico, desenvolver ações para universalização da alfabetização em Cuiabá. A estimativa é de que tanto zona urbana quanto no campo a escala é de em torno de 19 mil pessoas não alfabetizadas.

 

A proposta possui o público alvo de pessoas com idade a partir de 15 anos (jovens, adultos e idosos) que não tiveram  a oportunidade de se alfabetizar na infância ou aquelas que, por algum motivo, tiveram de abandonar à escola. São oito meses de estudos em cada ciclo com uma carga horária total de 320 horas, na mesma metodologia da EJA, executada na rede pública municipal.

 

Parceria

 

A estrutura física para realização das aulas e o desenvolvimento do programa será disponibilizada por meio de parceria eventualmente estabelecidas com associações de moradores, empresas, instituições religiosas, universidades, sindicatos e sociedade civil organizada.

 

A Secretaria de Ações Comunitárias também será envolvida na iniciativa para envolver os líderes de bairros e a comunidade em geral. Os espaços cedidos são pré-requisitados em obter mobília adequada para realização das aulas aos educandos.

 

Confira o cronograma do edital:

 

28 de abril a 18 de maio

 

Atividade: Período de Inscrições/Entrega de Documentos

 

Local: Secretaria Municipal de Educação

 

28 de abril a 26 de maio

 

Atividade: Preenchimento e Cadastro de Alfabetizador para Composição de turmas e local de trabalho

 

Local: Entregar ao setor responsável da Secretaria Municipal de Educação

 

28 de abril a 26 de maio

 

Atividade: Verificação 'in loco' do espaço de trabalho com a equipe da pasta de Educação

 

Local: Estrutura física disponibilizada

 

19 de maio (período vespertino)

 

Atividade: Divulgação dos Resultados

 

Local: Secretaria Municipal de Educação (mural)

 

22 a 26 de maio

 

Atividade: Formação Inicial

 

Local: Secretaria Municipal de Educação

 

29 de maio

 

Atividade: Início das Atividades Educativas

 

Mais informações (65) 3645-6503

 

Edital

 

http://www.tce.mt.gov.br/diario/preview/numero_diario_oficial/1099

 

http://www.tce.mt.gov.br/diario/preview/numero_diario_oficial/1102