Terça-Feira, 07 de Março de 2017, 22h:19

Tamanho do texto A - A+

CHOQUE DE GESTÃO: Zé do Pátio prioriza saúde e convoca 31 médicos aprovados em concurso

Redação

 

O prefeito José Carlos do Pátio (SD) determinou a chamada  de parte de aprovados em concurso público para integrarem o quadro de servidores municipais efetivos da Prefeitura de Rondonópolis (210 Km ao Sul da Capital).  

 

Nesta etapa inicial, o chefe do Executivo rondonopolitano priorizou a área de saúde, convocando profissionais das mais diversas especialidades médicas.

 

Foram convocados ainda oito candidatos aprovados no cargo de assistente de apoio à gestão, um assistente de apoio à gestão baixa renda, um assistente social, dois contadores, dois controladores internos, dois enfermeiros, um engenheiro civil, um psicólogo e três advogados para procuradores jurídicos.

 

No entanto, médicos foram os mais solicitados. O prefeito optou pelo chamamento de um médico alergista, um angiologista, dois médicos cardiologista, um cirurgião pediatra, um cirurgião vascular, um dermatologista, um endocrinologista, um gastroenterologista pediatra, um hematologista e um médico infectologista.

 

Também entraram na convocação um médico mastologista, um nefrologista, um neurologista, dois médicos ginecologista, um oftalmologista, um otorrinolaringologista, um médico patologista, três médicos pediatra, um  pneumologista, um psiquiatra, um reumatologista, dois médicos trauma-ortopedista, dois ultrassonografista e dois médicos urologista.

 

“Com os novos servidores teremos a oportunidade de ofertar mais serviços de saúde principalmente nos centros de especialidades. Gradativamente chamaremos mais aprovados, mas temos a consciência de que precisamos fazer uma gestão enxuta e que mantenha a lei de responsabilidade fiscal, não adianta fazer nada acima dos seus limites”, destacou o prefeito.

 

Para o representante da comissão dos aprovados, Juliano Almeida, é uma grande vitória a decisão do prefeito. “Hoje ele colocou em prática o que ele vem dizendo há dois meses. Finalmente temos hoje a primeira convocação de fato e de direito. Esperamos que ele continue chamando os profissionais”, estima.