Sábado, 17 de Fevereiro de 2018, 09h:55

Tamanho do texto A - A+

CHAPADA DOS GUIMARÃES: Garimpo clandestino causador de danos ambientais é fechado pela PF

Redação

Em mais uma operação repressiva a danos ambientais, a Polícia Federal fechou nesta sexta-feira um garimpo clandestino na cidade de Chapada do Guimaraes (62 quilômetros de Cuiabá). O garimpo, localizado no Distrito de Agua Fria, estava operando há cerca de dois meses.

No local os policiais encontraram  2 retroescavadeiras, 1 camionete, além de 4 máquinas utilizadas na extração de cascalho e processamento de diamante. Também havia ferramentas e outros petrechos próprios de garimpo.

No momento da abordagem, estavam no garimpo 7 trabalhadores braçais e uma cozinheira, todos recrutados em outros estados da federação. Os policiais ainda constataram uma estrutura de alojamento e imóvel de apoio.

A PF localizou ainda, no local, 3 pessoas, o proprietário da área, o gerente do garimpo, além do homem apontado como o dono do garimpo e principal responsável pela exploração.

Ao serem abordados, os responsáveis pelo garimpo apresentaram documentação emitida pelos órgãos públicos que autorizava apenas a realização de pesquisa mineral na área. Ou seja, não permitia a prática de exploração.

Os trabalhadores e o proprietário da área foram entrevistados no local e liberados. Já o gerente e o dono do garimpo foram conduzidos à PF em Cuiabá para prestarem esclarecimentos.

O dono do garimpo foi preso e os maquinários e veículos utilizados no garimpo foram apreendidos. A PF estima que o dano ambiental gire em torno de R$ 1 milhão.