Quinta-Feira, 24 de Novembro de 2016, 13h:42

Tamanho do texto A - A+

Cazuza terá estátua no Leblon no Dia Mundial da Aids

O Globo

 

O Baixo Leblon, na Zona Sul do Rio, ganhará em dezembro uma estátua em homenagem ao músico Agenor de Miranda Araújo Neto, o Cazuza.

A obra, que custou cerca de R$ 195 mil aos cofres da prefeitura do Rio, é assinada pela artista plástica Christina Motta.

O local escolhido para receber a peça foi a praça que leva o nome do cantor.

A inauguração está marcada para o dia 1º de dezembro, data que marca o Dia Mundial de Combate à Aids.

A escultura, construída toda em bronze, levou cerca de três meses para ser feita e tem o tamanho natural de Cazuza. A obra ainda terá pássaros feitos pelo arquiteto Helio Peregrino.

Christina assina outras obras espalhadas pelo Rio e outras cidades do país, como a escultura de Tim Maia, na Praça Afonso Pena, na Tijuca, a de Tom Jobim, em Ipanema, e a de Flávia Alessandra, em Arraial do Cabo.