Quinta-Feira, 12 de Outubro de 2017, 06h:38

Tamanho do texto A - A+

Com um a menos, Vasco abre vantagem e vence o Avaí

Redação

Andrés Rios marcou um dos gols do Vasco, mas acabou expulso; Wagner abriu o placar para os cariocas e Betão diminuiu para a equipe catarinense
 

Após o tropeço contra a Chapecoense, em São Januário, o Vasco se reabilitou fora de casa no Brasileirão. Contra o Avaí, na Ressacada, o clube carioca conseguiu um resultado importante e venceu por 2 a 1.

Os gols vascaínos foram marcados por Wagner e Andrés Rios. O argentino, apesar do gol, deixou a equipe carioca em situação complicada, após ser expulso aos 15 minutos do segundo tempo. Betão diminuiu para o Avaí.

Na próxima rodada, o Vasco enfrenta o Botafogo, no sábado, no Maracanã. Já o Avaí joga no mesmo estádio no dia seguinte contra o Fluminense.

O JOGO

O Vasco parecia dono da casa no primeiro tempo contra o Avaí. O Gigante da Colina não teve muitas oportunidades, mas se mostrou muito à vontade na Ressacada e saiu para o intervalo com uma vantagem bastante confortável para os cariocas.

O primeiro gol em uma bela jogada. Wagner recebeu pela direita, se ajeitou e finalizou, antes que a marcação do Avaí chegasse, a bola morreu no ângulo da equipe da casa, deixando os visitantes em vantagem na partida.

Mais confiante, o clube carioca seguiu melhor na partida e conseguiu ampliar. Após cruzamento, a zaga do Avaí não conseguiu cortar e Rios foi mais rápido que os adversários e finalizou sem chances de defesa para o goleiro Douglas, ampliando para o Vasco.

O segundo tempo começou com uma temática diferente. O Avaí passou a buscar mais o ataque, enquanto o Vasco tentava decidir a partida nos contra-ataques. A partida parecia tranquila para o clube carioca até que aos 15 minutos, Andrés Rios recebeu o segundo amarelo, após cotovelada em Pedro Castro. Os cariocas ficaram com um a menos.

No primeiro lance em desvantagem numérica do Vasco, o Avaí diminuiu. Após levantamento para a área, a zaga carioca não conseguiu cortar e Betão apareceu para marcar para os donos da casa.

Mesmo com um a menos, a equipe carioca conseguiu se comportar bem durante a maior parte do tempo. Apenas a partir dos 40 minutos que o Avaí começou a ensaiar uma pressão. Porém, os catarinenses abusavam dos cruzamentos. Nenê teve uma grande oportunidade de fazer o terceiro para o Vasco, mas ele acabou finalizando em cima do goleiro Douglas.

Sem muita força e com problemas na organização, o Avaí não conseguiu buscar o empate. O Vasco se fechou com qualidade e levou os três pontos importantes para o Rio de Janeiro.

FICHA TÉCNICA
AVAÍ 1 X 2 VASCO

Local: Ressacada, Florianópolis (SC)
Árbitro: Wagner Reway (MT)
Auxiliares: Eduardo Gonçalves da Cruz (MS) e Fábio Rodrigo Rubinho (MT)
Cartões amarelos: Betão, Capa, Marquinhos, Lourenço, Junior Dutra (AVA); Madson, Wagner, Andrés Rios (VAS)
Cartões vermelhos: Willians (AVA); Andrés Rios (VAS)
Gols: Wagner, aos 2 minutos do primeiro tempo (VAS); Andrés Rios, aos 23 minutos do primeiro tempo (VAS); Betão, aos 16 minutos do segundo tempo (AVA)

Avaí: Douglas; Leandro Silva, Alemão, Betão e Capa; Judson (Lourenço), Simião (Marquinhos), Luan Pereira e Pedro Castro; Joel (Romulo) e Júnior Dutra / Técnico: Claudinei Oliveira

Vasco: Martín Silva, Madson, Paulão, Anderson Martins e Ramon; Wellington, Jean, Mateus Vital (Paulo Victor), Nenê (Rafael Marques) e Wagner (Yago Pikachu); Andrés Rios / Técnico: Zé Ricardo