Terça-Feira, 07 de Março de 2017, 01h:33

Tamanho do texto A - A+

Com colheita acelerada em MT, exportações do complexo soja crescem 47,16% em volume e 66,07% em receita

Dados da balança comercial refletem ritmo de colheita no Brasil, principalmente em Mato Grosso e Paraná

 

Redação

 

As exportações brasileiras do complexo soja somaram 4,296 milhões de toneladas em fevereiro, com receita de US$ 1,705 bilhão. Em relação a igual período de 2016, o aumento foi de 47,16% em volume e 66,07% em receita. Já ante janeiro, houve incremento de 80,91% em volume e 78,03% em receita. Os dados foram divulgados pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC).

 

A colheita está mais adiantada do que no ano passado no Brasil, com o ritmo acelerado em Mato Grosso, apesar do atraso no Paraná. Com isso, os embarques de soja ao exterior se intensificaram em fevereiro. No acumulado do ano, as exportações do complexo somam 6,670 milhões de toneladas e US$ 2,662 bilhões. Nos primeiros dois meses de 2016, o Brasil havia embarcado 4,566 milhões de toneladas e US$ 1,640 bilhão.As exportações de soja em grão somaram 3,509 milhões de toneladas em fevereiro.

 

Na comparação com igual período de 2016, quando foram embarcadas 2,036 milhões de toneladas, o aumento chegou a 72,30%. A receita com as vendas externas do grão atingiu US$ 1,404 bilhão, incremento de 96,31% em relação a fevereiro do ano passado (US$ 715,3 milhões). Na comparação com janeiro, as exportações aumentaram 284,89% em volume e 284,92% em receita. O preço médio do produto exportado foi de US$ 400,1/tonelada, estável ante janeiro, mas abaixo dos US$ 715,3 por tonelada de fevereiro do ano passado.

 

No farelo de soja, o volume exportado somou 711.100 toneladas em fevereiro, queda de 15,16% em relação a igual período de 2016, quando o Brasil enviou ao exterior 838.200 toneladas. Ante janeiro, o recuo foi de 48,90%. A receita de exportação em fevereiro totalizou US$ 240,4 milhões.

 

O valor significa queda de 14,45% em relação aos US$ 281,0 milhões obtidos em igual período de 2016. O recuo em relação ao mês passado foi de 55,12%.Já de óleo de soja, as exportações em janeiro somaram 75.600 toneladas, aumento de 70,65% em relação a igual mês de 2016, quando os embarques haviam somado 44.300 toneladas.Em relação a janeiro, o incremento foi de 6,03%. A receita referente às vendas externas somou US$ 60,4 milhões em fevereiro. O aumento foi de 98,68% ante igual período do ano passado, quando os recursos obtidos com a exportação haviam totalizado US$ 30,4 milhões. Na comparação com janeiro, houve crescimento de 5,59%.