Quarta-Feira, 08 de Fevereiro de 2017, 11h:06

Tamanho do texto A - A+

DE ACORDO COM BLAIRO MAGGI: Políticas protecionistas de Trump abrem mais espaços para o agronegócio de MT e do Brasil no mundo

Por Mário Marques de Almeida

 

Maior produtor nacional de soja do país, além de carne bovina, Mato Grosso – e o Brasil, principalmente – podem comemorar as fortes medidas protecionistas adotadas pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, no relacionamento comercial com outros países, inclusive muitos dos quais aliados e parceiros históricos dos EUA.

 

Isso porque, o protecionismo de Trump vai abrir novos mercados para produtos brasileiros, em especial da agropecuária. Este é o entendimento, por exemplo, do senador e ministro da Agricultura Blairo Maggi, ele próprio um dos expoentes do agronegócio de Mato Grosso e do país.

 

 E já estão abrindo frentes para negociações do Brasil com novos compradores de produtos do agronegócio, como o México, disse  Maggi.

 

“Com a movimentação política que o presidente Trump está fazendo, algumas coisas serão alteradas… Já estamos (Brasil) tendo oportunidades, abrindo negociações com vários países que não queriam ou não podiam conversar com o Brasil”, afirmou o ministro em recente evento em São Paulo, destacando que uma rodada de negócios com empresários mexicanos está agendada para dia 20 de fevereiro, com possível incremento no comércio de soja, carne bovina e carne suína.