Sexta-Feira, 22 de Dezembro de 2017, 14h:03

Tamanho do texto A - A+

VEJA NO QUE DEU: Globo demite William Waack após caso de racismo

Redação

A Rede Globo anunciou na manhã desta sexta-feira (22) a rescisão de contrato com o jornalista. Em um comunicado divulgado pela empresa, a Globo afirma ter decidido junto ao jornalista que "o melhor caminho a seguir é o encerramento consensual do contrato de prestação de serviços que mantinham".

O caso que desencadeou o afastamento e agora a demissão de William Waack foi a divulgação de um vídeo no dia 8 de novembro deste ano. No vídeo, o ex-apresentador faz comentários racistas ao lado do convidado Paulo Sotero.

Ele se preparava para entrar ao vivo para comentar as eleições presidenciais dos Estados Unidos quando se irritou com buzinas ao fundo e disparou os comentários. Ele teria dito "Preto, né? É coisa de preto com certeza".

O vídeo foi divulgado por dois ex-funcionários negros da empresa que viram o caso e decidiram levá-lo a público.

O jornalista foi afastado dia 9 de novembro das funções que desempenhava na emissora, sendo substituído pela apresentadora Renata Lo Prete e Carlos Tramontina.

Quem assina o comunicado divulgado pela empresa é Ali Kamel, diretor de jornalismo da TV Globo e autor do livro "Não somos racistas". O livro foi lançado em 2006, no auge das discussões sobre a implementação de reservas de vagas para negros e indígenas nas universidades públicas brasileiras.

Leia na íntegra o comunicado divulgado pela emissora:

"​Em relação ao vídeo que circulou na internet a partir do dia 8 de novembro de 2017, William Waack reitera que nem ali nem em nenhum outro momento de sua vida teve o objetivo de protagonizar ofensas raciais. Repudia de forma absoluta o racismo, nunca compactuou com esse sentimento abjeto e sempre lutou por uma sociedade inclusiva e que respeite as diferenças. Pede desculpas a quem se sentiu ofendido, pois todos merecem o seu respeito.

​A TV Globo e o jornalista decidiram que o melhor caminho a seguir é o encerramento consensual do contrato de prestação de serviços que mantinham.

​A TV Globo reafirma seu repúdio ao racismo em todas as suas formas e manifestações. E reitera a excelência profissional de Waack e a imensa contribuição dele ao jornalismo da TV Globo e ao brasileiro. E a ele agradece os anos de colaboração."

Ali Kamel, diretor de Jornalismo da TV Globo

William Waack, jornalista e apresentador de programas jornalísticos da TV Globo