Sábado, 09 de Junho de 2018, 00h:40

Tamanho do texto A - A+

Coautor de roubo de caminhões de secretaria tem prisão cumprida pela Polícia Civil

Redação

 

Investigado como coautor do roubo de cinco caminhões da Secretaria de Agricultura Familiar (SEAF), em maio deste ano, um homem foi preso em ação da Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos Automotores (Derrfva), da Polícia Judiciária Civil.

 

A prisão ocorreu na quinta-feira (07) em cumprimento a mandado de prisão em aberto contra Wesley Anunciação de Arruda, conhecido como “Nenem”.

 

O suspeito foi preso e conduzido à Delegacia de Plantão de Várzea Grande onde se identificou falsamente como “Weliton”, exibindo certidão de nascimento do irmão.

 

Assim que tomou conhecimento do fato, policiais civis da Derrfva diligenciaram até a Delegacia de Plantão de Várzea Grande, onde identificaram o detido como sendo Wesley. Questionado pelos policiais, o suspeito adminitiu a prática de falsa identidade e também sua participaçãno no grave roubo à Seaf.

 

Wesley participou diretamente do roubo, sendo uma das três pessoas que invadiram o estabelecimento e renderam o vigia durante o assalto. Restou apurado que ele invadiu o local em conjunto com os comparsas Lucas Francisco dos Reis e Walison José dos Santos - presos anteriormente.  

 

Investigação

 

O crime aconteceu por volta das 21h, de 1º de maio, no bairro Residencial José Carlos Guimarães. O local (Central de Comercialização da Agricultura Familiar) pertence à Secretaria de Estado de Agricultura Familiar e Assuntos Fundiários (Seaf).

 

Um vigilante de 33 anos foi surpreendido por três homens armados (que teriam saído de área de matagal) e anunciaram assalto. Os criminosos colocaram venda nos olhos da vítima, que foi ainda amarrada, amordaçada e trancada em um banheiro. A vítima só conseguiu se libertar e pedir socorro por volta da 01h da manhã.

 

De acordo com o delegado da Derrfva, Marcelo Martins Torhacs, após a subtração violenta dos vários veículos e objetos, os autuados Lucas Francisco e Walison, bem como Wesley, conhecido como “Neném” , deslocaram-se, na condução dos veículos subtraídos, sentido à cidade de Cáceres, para que os veículos fossem entregues a receptadores, os quais os atravessariam, ao que tudo indica, ao território boliviano.

 

Os suspeitos Lucas, Walison e Wesley foram indiciados no final do inquérito policial pelos crimes de associação criminosa, roubo duas vezes (roubo à Secretaria e roubo ao vigilante). "As prisões de todos os suspeitos é fundamental para cessar a reiteração criminosa dos indiciados, os quais integram, ao que tudo indica, associação criminosa armada, voltada à prática reiterada de subtração violenta de veículos", afirma o delegado.

 

Recuperação

 

Um trabalho integrado conduzido pela Polícia Civil e Polícia Militar conseguiu recuperar, poucas horas após o roubo, os 05 veículos tomados de assalto da Central de Comercialização da Agricultura Familiar, em Várzea Grande, na noite de 1º de maio.

 

O veículo Ford/Ecosport, pertencente ao vigilante, também subtraído na SEAF, foi encontrado, abandonado, em Cáceres